sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Ruth Guimarães


Foto: Sônia Gabriel - 2011

Ruth Guimarães - Nasceu em Cachoeira Paulista - SP,13 de junho de 1920. Como gosta de reforçar, nasceu no sítio de seu avô, José Botelho, que trabalhava na estrada de Ferro Central do Brasil. O local fica na rua da estação, próximo às águas do rio Paraíba do Sul. A escritora vive e produz no sítio em que nasceu.
Segundo consta, suas primeiras publicações foram aos dez anos de idade, publicou seus versos nos jornais locais 'A Região' e 'A Notícia'. Formou-se em Letras Clássicas da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo. É professora; jornalista; cronista; romancista prestigiada por Antônio Cândido, Guimarães Rosa, Amadeu de Queiroz e Lygia Fagundes Telles; contista; folclorista, aluna e discípula de Mario de Andrade e tradutora brasileira de inúmeras obras.
Foi a primeira escritora brasileira negra que conseguiu projetar-se nacionalmente desde o lançamento do seu primeiro livro, o romance Água Funda, em 1946. Escreveu crônicas para grandes jornais como Folha de São Paulo e O Estado de S. Paulo, e revistas, como a Revista Manchete. Tem uma coluna semanal (quarta-feira)de crônicas no jornal O Vale, em São José dos Campos - SP. É membro da Academia Paulista de Letras e do Instituto de Estudos Valeparaibanos - IEV, dentre outras instituições.
Ruth Guimarães é acima de tudo, mestra. Sábia, exigente e paciente como as grandes professoras, das quais sempre nos recordamos com respeito e admiração. Ruth Guimarães foi casada com José Botelho Netto (morto em 2001),com quem teve nove filhos: Marta, Rubem, Antonio José, Joaquim Maria, Judá, Marcos, Rovana, Olavo e Júnia. No sítio, na rua da antiga estação, recebe seus leitores, amigos e admiradores sempre com presteza, carinho, suco de frutas e disposição para ensinar.
A escritora premiada, competente e dona de estilo único está sempre aberta aos aprendizes e amantes dos livros.

Por Ela

Água Funda. Porto Alegre, Edição da Livraria do Globo, 1946;
Filhos do Medo. Porto Alegre, Editora Globo, 1950;
Mulheres Célebres. São Paulo, Editora Cultrix, 1960;
As Mães na Lenda e na História. São Paulo, Editora Cultrix, 1960; 
Líderes Religiosos. São Paulo, Editora Cultrix, 1961;
Lendas e Fábulas do Brasil. São Paulo, Editora Cultrix, 1972; 
Dicionário da Mitologia Grega. São Paulo, Editora Cultrix, 1972; 
O Mundo Caboclo de Valdomiro Silveira. Rio de Janeiro, Livraria José Olympio Edi-tora/Secretaria de Cultura, Esportes e Turismo do Estado de São Paulo/Instituto Nacio-nal do Livro, 1974;
Grandes Enigmas da História. São Paulo, Editora Cultrix, 1975; 
Medicina Mágica: As simpatias. São Paulo, Global Editora, 1986; 
Lendas e Fábulas do Brasil. São Paulo, Círculo do Livro, 1989; 
Crônicas Valeparaibanas. São Paulo, Centro Educacional Objetivo/Fundação Nacio-nal do Tropeirismo, 1992;
Contos de Cidadezinha. Lorena, Centro Cultural Teresa D’Ávila, 1996;
Vestuário. São Paulo, Donato Editora Ltda., Volume, s.d.;
“Esta é a segunda carta que lhe escrevo”, in “Cartas a Mário de Andrade”. Organiza-ção Fábio Lucas, Rio de Janeiro, Editora Nova Fronteira, 1993;
Água Funda. 2ªedição, com prefácio de Antonio Candido, São Paulo, Editora Nova Fronteira, 2004;
Calidoscópio - A Saga de Pedro Malazarte. São José dos Campos, JAC Editora, 2006;
Grandes Vocações. São Paulo, Donato Editora, s/d.
João Barandão. São Paulo, Editora Acatu, 2010.
Entre outros...

Teatro: A Pensão de Dona Branca; Romaria.

Traduções: Histórias Fascinantes, de Honoré de Balzac: seleção, tradução e prefácio - São Paulo, Editora Cultrix,1960;

Os Mais Brilhantes Contos de Dostoievski, de Feodor Mikhailovitch: introdução, seleção e tradução. Rio de Janeiro, Edições de Ouro, 1966;
Contos de Dostoievski: introdução, seleção e tradução. São Paulo, Editora Cultrix, 1985; 
Contos de Alphonse Daudet: seleção e prefácio. Tradução: Ruth Guimarães e Rolando Roque da Silva. São Paulo, Editora Cultrix, 1986;
Contos de Balzac: seleção, tradução e prefácio. São Paulo, Editora Cultrix, 1986;
Os Melhores Contos de Alphonse Daudet: seleção e prefácio.
Guimarães e Rolando Roque da Silva. São Paulo, Círculo do Livro, 1987;

Os Melhores Contos de F. Dostoievski: tradução, seleção e introdução. São Paulo, Círculo do Livro, 1987;
Os Melhores Contos de Balzac: seleção, tradução e prefácio. São Paulo, Círculo do Livro,1988;
A Mulher Abandonada e outros contos de Balzac: seleção, tradução e prefácio. Rio de Janeiro, Ediouro, 1992;
Histórias Dramáticas, de F. Dostoievski: seleção tradução e prefácio sem Identificação bibliográfica;
O Asno de Ouro, de Apuleio. Edições Ouro, s.d.;
A Dama das Camélias, de Alexandre Dumas Filho, idem;
A Corrente, de Claras Cartas, do italiano. São Paulo, Editora Saraiva, s.d.

Fontes:

Obras da autora.
http://www.ube.org.br/biografias-detalhe.asp?ID=1022, acesso em 30/12/2011.



Capas de algumas obras de Ruth Guimarães


Sobre Ela

BARJA, Paulo. Viva Ruth Guimarães! A bruxa de Cachoeira. Cordel, 2011.


COELHO, Nelly Novaes. Dicionário de Escritoras Brasileiras. Editora Escrituras, São Paulo - SP, 2003.

SILVA, Filipe Chicarino. Fada das Letras: a vida de Ruth Guimarães. FATEA, 2010. (Trabalho de Conclusão de Curso)













http://www.youtube.com/watch?v=VCoVgAEZoIQ&feature=related (Entrevistada por Ronnie Von - Gazeta)

 -  http://www.youtube.com/watch?v=QUuJZbNWyeA&feature=player_embedded (Paulo Barja apresentando o Cordel Viva Ruth Guimarães!)



3 comentários:

Anônimo disse...

Agooooooooooora sim! Está lindo, amei.
Parabéns.

Bjim e feliz 2012, cheio de paz, luz, prosperidade, sonhos realizados, amor, realizações, flores, aromas, cores,
texturas, rs. Bjim...
Dani

Batom e poesias disse...

Grande imensa Ruth...
Parabéns pelo blog.

bj
Rossana Masiero

Marcelo Write disse...

Parabéns pelo site e pela belíssima referência a Ruth Guimarães. Mais brasileiros deveriam tomar contato com a história dessa escritora e com seus livros. A propósito, somos o LetrasEEARtes, projeto pedagógico da Escola de Especialistas de Aeronáutica, em Guaratinguetá, cidade valeparaibana. Gostaríamos de saber se poderíamos contar com sua autorização para publicar o mesmo artigo em nosso site, agora no mês de novembro. Junto à publicação, anexaremos um link para o Escritoras do Vale do Paraíba. Em caso afirmativo, basta nos enviar um e-mail ou enviar mensagem diretamente de nossa página, em contatos.
Obrigados.
Marcelo Menezes e Daniella de Almeida